Estudo observacional transversal (registro) com seguimento longitudinal. Consiste na coleta de dados demográficos do prontuário, características da IC, outras doenças associadas e fármacos utilizados no manejo dos pacientes durante a internação.

A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome clínica complexa de caráter sistêmico, definida como disfunção cardíaca que ocasiona inadequado suprimento sanguíneo para atender necessidades metabólicas tissulares, na presença de retorno venoso normal, ou fazê-lo somente com elevadas pressões de enchimento. Diversas iniciativas internacionais para o registro e acompanhamento de pacientes internados com diagnóstico de IC foram estabelecidas na década de 90, e seus principais achados começam a estar disponíveis na literatura internacional.

 

O registro BREATHE-extensão é um seguimento do registro transversal BREATHE e busca avaliar as características demográficas, clínicas, e prognósticas de pacientes admitidos com diagnóstico clínico de IC descompensada em um grupo de hospitais representativos das diferentes regiões brasileiras.

 

O retrato mais abrangente da situação das internações por IC no Brasil pode ser obtido através das análises dos registros do DATA-SUS, com as limitações inerentes de um banco de dados de caráter administrativo. De forma geral, entretanto, fica claro que IC é uma causa muito freqüente de internação hospitalar, além de acarretar altas taxas de mortalidade intra-hospitalar (cerca de 7%). No Brasil, são escassos os estudos que avaliam de forma compreensiva e prospectiva características demográficas, clínicas e prognósticas de pacientes que são admitidos com diagnóstico clínico de IC.